Voz do Consumidor

Salário mínimo aumentará em 2021

O salário mínimo do país sofrerá alterações em 2021, o valor atual é de R$1.045. No ano que vem, o valor pode aumentar para R$1.087,84,

Salário mínimo

O salário mínimo do país sofrerá alterações em 2021, o valor atual é de R$1.045. No ano que vem, o valor pode aumentar para R$1.087,84, de acordo com informações da CNN.

Em abril, a projeção era de que o salário base para 2021 fosse de R$1079, modificando para R$1067 em agosto, uma vez que a paralisia da pandemia acabou com a expectativa da inflação para 3,3%.

Em novembro, o INPC (Índice Nacional de Preços do Consumidor) subiu para 5,2% em 12 meses, fazendo com que a inflação subisse também.

Vale lembrar que o valor do salário mínimo pode sofrer alterações até o ano que vem, por conta do INPC. A justificativa do governo é a crise econômica ocasionada pelo coronavírus.

Apesar do aumento de R$42,84 em relação ao salário mínimo atual, o trabalhador não terá um ganho real. Isso porque, o valor somente será reajustado conforme a inflação. Logo, não quer dizer que o brasileiro agora comprará mais coisas do que antes. Está garantida apenas a manutenção do poder de compra atual.

Salário mínimo ideal

Com o aumento da inflação, o brasileiro sentiu o peso no bolso, observando que a alimentação ficou ainda mais cara. Itens básicos da mesa do trabalhador, como arroz, óleo de soja, feijão e tomate, subiram de preço. Para pagar a conta, o salário mínimo ideal, para uma família de quatro pessoas, deveria ser de R$5.289,53 em novembro, como aponta o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

A conta é calculada conforme preço da cesta básica no Brasil e quanto seria necessário cada pessoa pagá-la todo mês, além de bancar transporte, lazer, moradia e higiene. Levando em consideração a higiene, papel higiênico foi outro item que pesou no bolso do brasileiro.

Em setembro, a cesta básica em Belo Horizonte atingiu o preço mais alto do ano, representando 46,56% ou quase a metade de um salário mínimo.

Por: Lara Hinkel

Leia também:

Problemas com telefonia? Conheça a Anatel! 

Comércio encerra o ano com confiança em queda 

Auxílio emergencial não será prorrogado

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments