Voz do Consumidor

Mudanças na Economia brasileira em 2020

Além do Pix, da criação das cédulas de R$ 200 e Auxílio Emergencial, a antecipação do auxílio-doença foi uma das mudanças adotadas.

Mudanças na Economia

Além do Pix, da criação das cédulas de R$ 200 e Auxílio Emergencial, a antecipação do auxílio-doença foi uma das mudanças adotadas.

Em decorrência da pandemia do novo Coronavírus, o Brasil precisou se reinventar diante da redução salarial, desemprego e crise econômica.

Dessa forma, o governo adotou algumas medidas, como a antecipação do auxílio-doença, o saque aniversário do FGTS e mudanças no crédito para aquisição da casa própria.

Além disso, outras medidas foram a criação das notas de R$200 e do Auxílio Emergencial, que já falamos aqui no site!

Antecipação do auxílio-doença

A antecipação do auxílio-doença permite que o beneficiário receba até um salário mínimo de R$1.045.

Para isso, a aprovação do pedido feito pelo app do INSS com a apresentação do atestado médico é necessária.

Assim, o pagamento é realizado de acordo com a data que o atestado médico determina.

Sendo limitado a 60 dias e sem possibilidade de exceder o dia 31 de dezembro.

Saque emergencial do FGTS e saque aniversário

Ficou permitido o saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), em 2020, por conta das pessoas afetadas financeiramente pela pandemia do novo Coronavírus.

60,8 milhões de brasileiros que possuem conta do FGTS receberam os pagamentos de até R$1.045 entre julho e dezembro.

Existe ainda o saque-aniversário. O trabalhador pode sacar o valor no mês correspondente ao seu aniversário.

Vale lembrar que existem requisitos e que, além disso, para obter o benefício é necessário informar à Caixa que deseja recebê-lo anualmente.

Caso contrário, o saque só ocorre em situações como demissão sem justa causa, aposentadoria e compra da casa própria.

Redução de taxa de financiamento da casa própria

A economia brasileira criou o programa “Casa Verde e Amarela”, substituindo o programa “Minha Casa, Minha Vida”.

Além disso, a economia também permitiu a redução da taxa de financiamento da casa própria para o brasileiro em 2020.

Dessa forma, o piso passou de 6,5% para 6,25%, além da taxa referencial ao ano. Já o teto caiu de 8,5% para 8%, além da TR.

Para financiamento de imóveis novos, também houve a pausa de seis meses nas prestações para contratações até 30 de dezembro.

Além disso, existe a possibilidade de pagamento de até 75% da prestação por até seis meses ou pagamentos entre 50% a 75% por até três meses.

Alíquotas do INSS

Na nova mudança, quem ganha menos contribui menos ao INSS e quem ganha mais a contribuição é maior.

Dessa forma, para os trabalhadores com carteira assinada em empresa privada, as alíquotas do INSS variam de 8% a 11% do salário para a Previdência. Já no setor público, o valor pode chegar a 22%.

No entanto, as taxas são cobradas somente sobre a parcela que se encaixa em cada faixa.

Por: Lara Hinkel

Leia também:

13º salário: como usar o dinheiro extra sem gastar muito

Planos de saúde sobem quatro vezes mais em 2020

Pagamentos por WhatsApp devem virar realidade em 2021

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Notícias
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments